98 Live - Logo
  1. News
  2. Nacional
  3. Butantan faz pedido para uso emergencial da Coronavac no Brasil

Butantan faz pedido para uso emergencial da Coronavac no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisa a solicitação

Por Da redação - Nacional08/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Um importante passo para a vacinação contra a Covid-19 foi dado.  O Instituto Butantan fez o pedido emergencial da Coronavac, vacina produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac,  a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na manhã desta sexta-feira (8).  A Anvisa pretende fazer a análise do uso emergencial em até 10 dias. 

Segundo a agência,  a análise do pedido de uso emergencial é feita por uma equipe multidisciplinar, e envolve especialista das áreas de registro, monitoramento e inspeção.

O resultado final do estudo sobre a eficácia é a última etapa necessária para que a Anvisa analise o pedido de autorização de uso da vacina na população brasileira.

A análise dos dados pode superar os 10 dias se for identificada alguma pendência na documentação enviada.  Este é o primeiro pedido de uso emergencial de vacinas contra a Covid-19 no Brasil. Nenhum laboratório fez a solicitação do registro definitivo dos imunizantes. 

A CoronaVac tem taxa de eficácia mínima de 78%, segundo o Instituto Butantan. Esse percentual se refere aos estudos feitos no Brasil, que foram realizados com profissionais da área da saúde, mais expostos ao vírus. A vacina garantiu proteção total contra casos graves e mortes provocadas pela doença, segundo os dados divulgados nessa quinta-feira.


Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.