98 Live - Logo
  1. News
  2. Polícia
  3. Autora de vídeo falso sobre caixões com pedras é indiciada pela Polícia Civil

Autora de vídeo falso sobre caixões com pedras é indiciada pela Polícia Civil

A fake news foi compartilhada no início da pandemia e responsável pelo material pode pegar até oito anos de prisão

Por Carol Torres - Polícia24/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A mulher que divulgou um vídeo falso dizendo que caixões com pedras e madeira estavam sendo enterrados em Belo Horizonte no lugar de vítimas da Covid-19 foi indiciada pela Polícia Civil de Minas Gerais. O inquérito foi concluído e divulgado nesta segunda-feira (24). Valdete Zanco vai responder em liberdade e, além de multa, pode pegar até 8 anos de prisão.

Segundo o delegado Wagner Salles, ela vai responder pelo crime de denunciação caluniosa e pela contravenção penal de provocar pânico e tumulto.

Relembre o caso

No mês de abril, circulou pelas redes sociais um vídeo em que a mulher afirmava que encontraram pedra e pedaços de madeira ao abrir caixões de vítimas do coronavírus em cemitérios municipais de Belo Horizonte. Na época, a administração municipal desmentiu a informação. 

Em maio, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a publicação do vídeo. Uma equipe de policiais foi até Campanha, no Sul de Minas Gerais, onde identificou e localizou a autora do vídeo. A suspeita foi conduzida até a Delegacia de Polícia da cidade, onde prestou depoimento. 

Ela chegou a gravar um vídeo pedindo desculpas por compartilhar a informação falsa.