98 Live - Logo
  1. News
  2. Polícia
  3. MPF concluiu que Adélio Bispo agiu sozinho no ataque contra Jair Bolsonaro

MPF concluiu que Adélio Bispo agiu sozinho no ataque contra Jair Bolsonaro

Adélio já estava em Juiz de Fora quando o ato de campanha foi programado e não se deslocou até a cidade com o objetivo de cometer o crime

Por Da Redação - Polícia04/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Ministério Público Federal (MPF) em Juiz de Fora concluiu que Adélio Bispo de Oliveira agiu sozinho no ataque contra Jair Bolsonaro, em setembro de 2018. Diante disso, o órgão se manifestou hoje pelo arquivamento provisório do segundo inquérito que apura o caso.

A decisão de arquivamento ocorre após a conclusão do relatório parcial da Polícia Federal em maio, quando o segundo inquérito apontou que Adélio "agiu por iniciativa própria e sem ajuda de terceiros".

Segundo o inquérito, Adélio já estava em Juiz de Fora quando o ato de campanha foi programado e não se deslocou até a cidade com o objetivo de cometer o crime. As investigações mostraram que ele não mantinha relações pessoais com nenhuma pessoa em Juiz de Fora e não estabeleceu contatos que pudessem ter exercido influência sobre o atentado.