Carregando...

Polícia

PF deflagra operação contra hackers suspeitos de vazar dados de Bolsonaro e militares

Há indícios, ainda, da prática de outros crimes cibernéticos por parte da organização criminosa

Por Da Redação

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (26), a Operação Capture The Flag, com o objetivo de combater hackers suspeitos de invadirem sistemas informatizados de órgãos públicos. A investigação demonstrou que o grupo obteve de forma ilícita informações pessoais, como exames e dados bancários do presidente e de sua família, além de informações pessoais de militares do Rio de Janeiro.

A ação ocorreu nos estados do Rio Grande do Sul e Ceará e conta com a participação de 20 policiais federais, que dão cumprimento a três mandados judiciais de busca e apreensão.

Há indícios, ainda, da prática de outros crimes cibernéticos por parte da organização criminosa, como compras fraudulentas pela internet e fraudes bancárias. A investigação se concentra na apuração dos crimes de invasão de dispositivo informático, corrupção de menores, estelionato e organização criminosa.

Em nota, a PF informou que, conforme o inquérito policial, integrantes do grupo hacker investigado obtiveram e expuseram de forma ilícita dados pessoais de mais de 200 mil servidores e autoridades públicas, com o objetivo de intimidar e constranger tanto as instituições quanto as vítimas que tiveram seus dados e intimidade expostos.

(Foto:Divulgação/ Policia Federal)

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais