Carregando...

Polícia

PF diz que falsa enfermeira já aplicava vacinas em BH desde o início do mês

Um dos bairros em que ela mais fez "atendimentos" foi em casas e apartamentos do Belvedere, na região Centro-Sul da capital mineira

Por Da redação

Investigações da Polícia Federal apontam que a falsa enfermeira presa por realizar uma suposta vacinação contra a Covid-19 em garagem de empresa de ônibus em Belo Horizonte já atuava com o esquema na cidade desde o início de março.

Segundo a PF, um dos bairros em que ela mais fez "atendimentos" foi em casas e apartamentos do Belvedere, na região Centro-Sul da capital mineira.

A mulher, que está na Penitenciária Estevão Pinto desde terça-feira (30), teve a prisão temporária convertida em preventiva. A corporação diz que, na verdade, era uma cuidadora de idosos.

As diligências apontam que a falsa enfermeira estava comprando um carro e um sítio com os recursos que ganhava com a aplicação da suposta "vacina". Segundo a revista piauí, que denunciou a ocorrência, a falsa enfermeira cobrava R$ 600 por duas doses do que afirmava ser vacina.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais