98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. Eleições em BH: vejam os candidatos que já votaram

Eleições em BH: vejam os candidatos que já votaram

Grande parte dos postulantes preferiu ir às urnas na manhã deste domingo

Por Da redação - Política15/11/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte já registraram seus votos. A maioria dos postulantes preferiram ir às urnas na manhã deste domingo. 

Áurea Carolina (PSOL)

 A candidata a prefeita de Belo Horizonte, Áurea Carolina (PSOL), não vai votar neste domingo, porque testou positivo para Covid-19. Ela está com sintomas leves da doença.

Bruno Engler (PRTB) 

O candidato Bruno Engler (PRTB) chegou ao Colégio Sagrado Coração de Maria, por volta das 10h50, para votar. Com a camisa do presidente Jair Bolsonaro, Bruno afirmou não acreditar nas pesquisas. "Não acredito nas pesquisas. Segundo elas, a Dilma teria sido eleita senadora; o Zema não teria ido para o segundo turno e o presidente Bolsonaro perderia para qualquer concorrente no segundo turno", afirmou. 

Cabo Xavier (PMB) 

O candidato a prefeito Cabo Xavier (PMB) votou há pouco na Escola Estadual Maria Luiza de Miranda Bastos, no bairro Planalto, na Região Norte de Belo Horizonte. O candidato se mostrou insatisfeito com a diferença entre o tempo disponibilizado aos pequenos partidos políticos em emissoras de TV e rádio.

Fabiano Cazeca (PROS) 

O candidato a prefeito de BH, Fabiano Cazeca (PROS), votou em uma faculdade no bairro Cidade Jardim, na Região Centro-Sul de BH. Ele teve coronavírus e se recuperou há quatro dias.

Cazeca afirmou estar confiante de que a campanha foi muito bem feita. Ele também aproveitou para falar sobre as empresas de ônibus. "O prefeito não pode ser frouxo e se curvar aos interesses das empresas de ônibus", comentou.  

João Vitor Xavier (Cidadania) 

O candidato a prefeito de Belo Horizonte, João Vítor Xavier (Cidadania), chegou por volta das 11h20 ao UniBH, no Buritis, para votar. 

Ele se mostrou confiante, mesmo com a diferença nas pesquisas eleitorais, que dão ampla vantagem para Alexandre Kalil. "Vantagem é quando abre a urna", afirmou. 

Kalil (PSD) 

O prefeito Alexandre Kalil votou no início da manhã, no Colégio Estadual Central. À frente nas pesquisas eleitorais, Kalil se mostrou confiante para a reeleição, mas mostrou cautela. "Eu sou do futebol. A gente vem com esperança, mas nós temos que saber que é um jogo e ele volta. Se matar na ida, melhor ainda. Eu estou completamente preparado para qualquer coisa. Mas vamos esperar até as 17h", disse.

Lafayette Andrada (Republicanos)

O candidato Lafayette Andrada (Republicanos) votou no Colégio Imaculada, no bairro Funcionários, Região Centro-Sul de BH, por volta de 13h40.

Luísa Barreto (PSDB)

A candidata a prefeita de Belo Horizonte, Luísa Barreto (PSDB), votou no Colégio Padre Machado, no bairro Santo Antônio, para votar. Ela estava acompanhada dos filhos.

Marcelo Souza e Silva (Patriota)

O candidato à Prefeitura de Belo Horizonte Marcelo Souza e Silva (Patriota) votou em um colégio particular do bairro Carlos Prates, na Região Noroeste, acompanhado da mulher e de uma filha.

Nilmário Miranda (PT) 

O candidato a prefeito de Belo Horizonte, Nilmário Miranda (PT), foi o primeiro dos 15 postulantes a votar neste domingo. Ele chegou por volta de 8h30, em um colégio no bairro Santo Antônio, na Região Centro-Sul de BH. 

Nilmário criticou o fato de termos poucos debates durante a campanha afirmou que este ano as eleições estão "sem alegria". "Eleição é sempre um momento muito alegre, participativo e dessa vez não, mas é a humanidade que está assim, não é só aqui”, disse. 

Professor Wendel Mesquita (Solidariedade)

O candidato à Prefeitura de BH Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) também já votou. Ele foi até a Escola Municipal Santa Terezinha, na Região da Pampulha, acompanhado da esposa e da filha.

Rodrigo Paiva (Novo) 

O candidato Rodrigo Paiva (Novo) votou na Escola Estadual Professor José Mesquita de Carvalho, no bairro Vila Paris, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. 

Paiva reclamou da falta de debates durante a campanha do primeiro turno e mostrou confiança para a ida ao segundo turno. "A população de Belo Horizonte quer discutir as propostas e o atual prefeito fugiu dos debates. E nós vamos para o segundo turno, vamos mostrar quem tem as melhores ideias”, afirmou. 

Wanderson Rocha (PSTU)

Candidato votou na Escola Municipal Ondina Nobre, no Bairro Céu Azul, na Região de Venda Nova. Ele criticou o sistema eleitoral. “Nós tivemos um processo eleitoral que foi antidemocrático. Para o PSTU, o importante foi apresentar um programa que chama a classe trabalhadora, o povo pobre, para se organizar diante de um sistema capitalista", afirmou.