98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. Enfermagem contesta decreto de Zema que dá gratificação apenas para médicos

Enfermagem contesta decreto de Zema que dá gratificação apenas para médicos

Segundo o Conselho Regional de Enfermagem, o governo "não pensou nas outras classes que estão no enfrentamento da Covid-19"

Por Rock News - Política15/04/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Um decreto do Governo de Minas Gerais que estabeleceu gratificação temporária a servidores médicos, provocou indignação a outros profissionais de saúde. 

Na manhã de hoje, funcionários do Hospital João XXIII fizeram uma manifestação contra a medida. O diretor do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais (Coren-MG), Gustavo Arantes, disse que a classe ficou indignada e considerou que houve uma "decisão unilateral" por parte do governo.

"O decreto fixa valores apenas para a classe médica. Outras classes ficaram indignadas. Repúdio à essa decisão do governador", disse Gustavo.

Ainda segundo ele, o governo "não pensou nas outras classes que estão no enfrentamento da Covid-19". A classe elaborou uma petição pública online que já conta com mais de 20 mil assinaturas.

Além disso, enviou um ofício ao governo, mas segundo Arantes, ainda não houve resposta.