98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. Gilmar Mendes vota para proibir missas e cultos; julgamento será retomado quinta

Gilmar Mendes vota para proibir missas e cultos; julgamento será retomado quinta

Ao longo da semana, os ministros da Corte deram indícios de divergências sobre o tema

Por Da redação - Política07/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar nesta tarde se governadores e prefeitos têm prerrogativa para proibir celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas.

A sessão foi encerrada por volta das 18h30 e será retomada nesta quinta-feira (8). O único ministro a votar até agora foi Gilmar Mendes, que julgou improcedente a ação e manteve seu voto para proibir as celebrações.

Ao longo da semana, os ministros da Corte deram indícios de divergências sobre o tema. No sábado, Nunes Marques determinou no sábado que estados e municípios não podem vetar as celebrações religiosas.

Em outra ação, Gilmar Mendes decidiu manter a proibição em SP e enviou caso ao plenário.