98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. Mesa diretora da Câmara: Marcelo Ramos é eleito vice e Bivar será 1º secretário

Mesa diretora da Câmara: Marcelo Ramos é eleito vice e Bivar será 1º secretário

Vaga para 2º secretário é a única que continua indefinida. Haverá segundo turno entre deputado João Daniel (PT-SE) e a deputada Marília Arraes (PT -PE)

Por Da redação - Política03/02/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A Câmara dos Deputados elegeu nesta quarta-feira (3) a composição da Mesa Diretora pelos próximos dois anos.

A Mesa será formada por dez parlamentares. O colegiado é responsável pela gestão administrativa e por medidas de caráter político, como encaminhamento de representações disciplinares contra deputados.

Além do presidente Arthur Lira (PP-AL), a Mesa é composta por duas vice-presidências e quatro secretarias.

Veja os eleitos:

  • 1º vice-presidente: Marcelo Ramos (PL-AM)
  • 2º vice-presidente: André de Paula (PSD-PE)
  • 1º secretário: Luciano Bivar (PSL-PE)
  • 2º secretário - haverá segundo turno entre deputado João Daniel (PT-SE) e a deputada Marília Arraes (PT -PE)
  • 3º secretário - Rose Modesto (PSDB-MS)
  • 4ª secretaria - deputada Rosângela Gomes (Republicanos-RJ)

Suplentes:

  • Eduardo Bismarck (PDT-CE)
  • Alexande Leite (DEM-SP)
  • Gilberto Nascimento (PSC-SP)
  • Cassio Andrade (PSB-PA)

Impasse

Havia um impasse em torno da distribuição das vagas. A divisão das cadeiras é feita conforme o tamanho dos partidos ou blocos. Quanto maior a bancada, maior o número de vagas a que terá direito.

Assim que foi eleito na segunda-feira (1º) presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), invalidou a eleição para os cargos da Mesa e desintegrou o bloco de dez partidos formado para apoiar Baleia Rossi (MDB-SP).

Lira argumentou que o bloco havia sido formalizado após o prazo estipulado e, por isso, não poderia ser considerado. Deputados do bloco de Baleia Rossi alegaram que um problema no sistema eletrônico da Câmara atrasou a apresentação dos documentos.

A eleição havia sido adiada para ontem, mas as negociações demoraram e a votação ficou para esta quarta (3). Para solucionar o impasse, Lira cedeu e aceitou reconfigurar as vagas da Mesa para incluir os partidos que seriam do bloco de Baleia.