98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. MP denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por 'rachadinhas' na Alerj

MP denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por 'rachadinhas' na Alerj

'Crônica macabra e mal engendrada', diz defesa de Flávio Bolsonaro sobre denúncia

Por Estadão Conteúdo - Política04/11/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Após mais de dois anos de investigação do Ministério Público do Rio, o senador e ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A denúncia se dá no âmbito do Caso Queiroz, como ficou conhecido o processo das "rachadinhas" supostamente praticadas pelo filho do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Além de Flávio, foi denunciado o ex-assessor Fabrício Queiroz, apontado como operador do esquema, e outros 15 ex-assessores. O MP fala ainda em apropriação indébita.

Caso a Justiça aceite a denúncia, o filho de Bolsonaro e seus ex-assessores vão virar réus.  O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) se manifestou na manhã de hoje. Segundo ele, a “denúncia já era esperada, mas não se sustenta. “Dentre vícios processuais e erros de narrativa e matemáticos, a tese acusatória forjada contra o Senador Bolsonaro se mostra inviável, porque desprovida de qualquer indício de prova", alegou, em nota, a defesa, que completou. "Não passa de uma crônica macabra e mal engendrada. Acreditamos que sequer será recebida pelo Órgão Especial."

Os advogados afirmaram ainda que "todos os defeitos de forma e de fundo" da denúncia serão pontuados na formalização da defesa