98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. Prefeito Alexandre Kalil pode ter parte do salário retido por dívida trabalhista

Prefeito Alexandre Kalil pode ter parte do salário retido por dívida trabalhista

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União, e é referente a pagamentos devidos a ex-funcionário de Kalil

Por Lucas Rage e João Henrique do Vale - Política15/12/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O prefeito de BH, Alexandre Kalil, pode ficar sem parte do salário. A decisão foi publicada em edição de segunda-feira (14), no Diário Oficial da União, e é reflexo de um processo trabalhista que tem Kalil como réu. O caso tramita na Justiça desde 2016.

A decisão é assinada pela Juíza Laudenicy Moreira de Abreu, e define bloqueio mensal de 30% dos vencimentos do prefeito. A medida é válida até que sejam completados os R$ 213 mil devidos a um ex-funcionário da empresa Erkal Engenharia, pertencente à família de Kalil. 

A decisão consta que o município será notificado, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão. A sentença deve ser cumprida e o valor transferido em até 5 dias.

Procurado pela Rádio 98, o advogado de Alexandre Kalil, Matheus Menezes Rocha, informou que vai recorrer da decisão, já que há bens penhorados como garantia do pagamento da dívida. A defesa esclareceu também que, ao contrário do informado pela imprensa, compareceu à audiência de conciliação e que a Erkal Engenharia segue ativa.


Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.