98 Live - Logo
  1. News
  2. Política
  3. 'Uma nova batalha jurídica vai se iniciar', diz especialista sobre caso Lula

'Uma nova batalha jurídica vai se iniciar', diz especialista sobre caso Lula

Em conversa com o Central 98, o advogado criminalsta Dr. Luciano Nunes esclareceu que o processo começará do zero em Brasília. Ele avalia que advogados de Lula devem pedir novas instruções

Por Da redação - Política09/03/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anulou, na segunda-feira (8), todas as condenações impostas pela Justiça Federal do Paraná ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato. 

Com a decisão, Lula recuperou os direitos políticos e se tornou elegível. Em conversa com o Central 98, o advogado criminalsta Dr. Luciano Nunes esclareceu que o processo começará do zero em Brasília. Ele avalia que advogados de Lula devem pedir novas instruções.

"A denúncia do Ministério Público é a única peça que em tese permanece. Apesar de os atos decisórios terem sido anulados, toda a instrução do processo agora vai ser referendada pelo juizo do Distrito Federal. Ele pode manter toda a instrução. Ele pode aceitar o processo pronto para dar uma nova decisão. Mas eu digo, uma nova batalha jurídica vai se iniciar. Ninguém vai querer aceitar que um juiz incompetente produza uma prova que vai ser validada em outro juízo", avalia.

Atos decisórios anulados

Nunes esclarece que os atos decisórios foram anulados, mas isso não entra no mérito de julgar se Lula é culpado ou inocente.

"Os atos decisórios foram anulados. Não significa em momento algum julgamento do mérito, no tocante a discussão de provas, se ele [Lula] é culpado ou se ele é inocente", diz.

Confira a entrevista completa: