Carregando...

Redação

A Cemig vai receber, até 17 de dezembro, propostas de projetos de eficiência energética que tenham como objetivo otimizar o uso da energia por meio da melhoria de instalações dos clientes e da implementação de fontes incentivadas. 

A chamada pública de 2020 destinará R$ 25 milhões aos projetos aprovados, conforme critérios estabelecidos pelo edital e pela Aneel.

As propostas podem partir de clientes industriais, residenciais (condomínios), comerciantes e dos setores de serviços, incluindo poder público, rural e projetos que tornem mais eficiente a iluminação pública. Serão analisadas propostas de clientes conectados ao sistema de distribuição da Cemig, que estejam em dia com as obrigações legais junto à companhia.

Segundo a engenheira de eficiência energética da Cemig, Aline Pimenta Martins, a chamada pública traz como principais benefícios a redução do consumo de energia elétrica e da demanda no horário de ponta para o sistema, além de benefícios de eficiência energética. Abre aspas: “o chamamento é uma forma de o cliente propor melhorias que garantem adequações necessárias para a redução do consumo e de gastos com a energia elétrica”, explica.

Vale lembrar que, nos últimos chamamentos, a Cemig recebeu propostas que resultaram no retrofit da iluminação, incluindo a iluminação pública, de equipamentos de ar-condicionado, motores, equipamentos de lavanderia hospitalar, instalação de sistema de aquecimento solar de água e implantação de sistemas fotovoltaicos.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais