Carregando...

Saúde

Aumento de casos e ocupação de leitos em BH ainda não é reflexo da reabertura

Capital mineira chegou a ter 60% dos leitos destinados à Covid-19 ocupados durante o fim de semana

Por Central 98

O crescimento de casos em Minas e ocupação de leitos em Belo Horizonte nos últimos dias ainda não são impactos da reabertura gradual da economia iniciado na semana passada. O gestor em saúde pública, doutor Marcelo Lopes Ribeiro, conversou com o Central 98 na manhã desta segunda-feira (1º) e disse que deve-se levar em conta o período de incubação do coronavírus, que vai de 7 a 21 dias, para analisar os reflexos das medidas.

No momento em que a Prefeitura de Belo Horizonte tomou a decisão de reabrir parte do comércio, a taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 estava em 48% na capital mineira. Segundo Ribeiro, nesse último fim de semana, esse índice chegou a 60%.

Um dos fatores responsáveis por esse aumento pode ter sido o aumento de casos no interior. Segundo o médico, muitas famílias chegam à Belo Horizonte em carros particulares buscando tratamento. Ele afirmou que há uma dificuldade para se diferenciar pacientes da capital dos vindos do interior.

Confira a entrevista completa do especialista:


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais