98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Betim inicia aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19

Betim inicia aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19

Segunda dose da Coronavac será aplicada na Linha de Frente do combate à Covid no município

Por Da Redação - Saúde03/02/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

(Secom/Prefeitura de Betim)

A Prefeitura de Betim começa, na tarde desta quarta-feira (3), a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19. A imunização seguirá o mesmo cronograma de aplicação da primeira dose. Começam a ser vacinados os trabalhadores do Centro de Cuidados Intensivos (Cecovid-4) e, ao longo das próximas semanas, as demais unidades receberão o complemento.

No início da semana, Betim obteve 5.161 doses da CoronaVac para a segunda etapa de imunização. O município também recebeu da Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) um novo lote com 670 doses da vacina e 2.990 doses da vacina Astrazeneca, para aplicação da primeira dose. Esse novo lote permitirá que os demais trabalhadores da saúde comecem a ser imunizados.

Betim já recebeu, ao todo, 13.982 doses de vacinas.

As primeiras doses foram destinadas aos profissionais de saúde envolvidos diretamente no atendimento aos casos de Covid-19 (100% dos trabalhadores dos dois Cecovids e do SAMU, e 30% de funcionários de outros serviços de saúde da rede pública e da rede privada), além de idosos institucionalizados e profissionais das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), internos da Colônia Santa Isabel e pessoas com deficiência que vivem institucionalizadas.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Guilherme Carvalho, as doses estão sendo cadastradas e distribuídas gradativamente para os serviços de saúde, uma vez que a entrega deve ser supervisionada pela equipe da Central de Vacinas. “As doses já saem da Central com destino definido para garantir que a campanha chegue sempre às pessoas dos grupos prioritários. Além disso, temos a preocupação de fazer as atualizações para dar transparência e garantir a lisura de todo processo de vacinação”, assegura o secretário.