98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Casal produz e doa 1,3 mil máscaras à rede hospitalar de BH

Casal produz e doa 1,3 mil máscaras à rede hospitalar de BH

Iniciativa nasceu na oficina do aposentado Antônio Roberto Ferri, em parceria com a esposa, após assistirem a um tutorial na internet

Por Lucas Rage - Saúde21/04/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

“A palavra convence, o exemplo arrasta”

A máxima foi levada à risca por Antônio Roberto e Ledomara Dias, casal de mineiros que decidiu arregaçar as mangas e produzir máscaras de proteção individual contra a Covid-19.

O que começou com um vídeo pelo WhatsApp, se transformou em uma empreitada que tem ajudado profissionais de saúde de Belo Horizonte.

“Um dia eu estava com insônia, e recebi pelo WhatsApp um vídeo de 1 minuto e meio, feito pela Universidade de São Paulo”, explica Ledomara — ou Vovó Mara, como é conhecida. 

A proposta foi apresentada para o marido, funcionário público aposentado que tem uma marcenaria — prática exercida como hobby nas horas vagas.

Segundo Roberto — mais conhecido como Vovô Betoa proposta inicial era produzir 60 máscaras. “Foram mais de 1 mil itens comprados (360 acetatos, 360 arcos e 360 sacos plásticos, além de 360 impressões de instrução)”, explica.

“Fizemos um gabarito para cortar o acetato, e montamos os kits. E agora? teríamos saída para 360 máscaras? Para a nossa surpresa, 360 não deram nem para o gasto, todo o material foi doado. Prevendo novos pedidos, nossa empreitada seria fazermos 1000 máscaras. Fizemos!”, completa.

O resultado: nada menos que 1360 máscaras de acetato produzidas, fabricadas e doadas à Rede Hospitalar de Minas Gerais.

De acordo com o casal, cada máscara é produzida ao custo de R$ 1,80. “A primeira produção custou mais de R$ 2 mil. Todo o material foi adquirido a partir de doações”, afirma Vovô Beto.

O belo exemplo de Vovô Beto e Vovó Mara mostram que é possível fazer a diferença em tempos de pandemia. O aposentado deixa o recado: “a necessidade está na nossa porta. Basta boa vontade e determinação. Colocar boas ideias em prática, é muito fácil, basta querer. As ajudas aparecem de toda parte e é muito gratificante”

A proposta, é que outras 2 mil máscaras sejam entregues aos hospitais de BH, nos próximos dias. 

Confira a entrevista completa com Vovô Beto e Vovó Mara!


Quer ajudar a empreitada de Vovô Beto e Vovó Mara? É só mandar um email para ledomara@hotmail.com, ou buscá-los no Instgram @ledomara.