98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Caso Rodrigo Rodrigues: médico explica complicações da Covid-19

Caso Rodrigo Rodrigues: médico explica complicações da Covid-19

Especialista diz que doença pode gerar um estado "pró-trombótico", que favorece formação de coágulos

Por Da redação - Saúde30/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A morte do jornalista Rodrigo Rodrigues reacendeu o alerta para os riscos de complicações da Covid-19 no corpo. Na última terça-feira (28), Rodrigues morreu vítima de um quadro de trombose cerebral, após ser internado no Hospital Unimed-Rio. Ele havia sido diagnosticado com Covid-19 há 15 dias.

O Cental 98 conversou com o médico neurologista Gustavo Daher, que disse que o quadro de trombose venosa acontece quando há um coágulo tampando a saída do sangue do cérebro.

O volume de sangue faz com que a pressão cresça, podendo ocorrer o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A infecção da Covid-19 gera o que se chama de estado pró-trombótico. Ela altera o organismo favorecendo a formação de coágulos. Segundo o especialista, há uma série de relatos de pacientes que tiveram também embolia pulmonar e infarto do miocárdio.

"Existe sim uma relação direta, não foi uma complicação do processo infeccioso, mas foi uma complicação desse estado pró-trombótico, a infecção pré-dispôs o organismo dele a formar trombos", disse.

Segundo o médico, esse caso desse serve de alerta. Ele avalia que estamos vivendo ainda um certo desprezo em relação à gravidade da Covid. "Existe uma sensação de segurança pelo fato de ser jovem, a gente tem que desmistificar isso", disse.

Ele lembra ainda que o jornalista teve complicações tardias no desenvolvimento da doença, portanto, não existe a ideia de que se o caso começou com sintomas leves, eles não irão se desenvolver.

Confira a entrevista completa: