98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Com negativa da Anvisa, Rússia prepara nova vacina para estados e municípios

Com negativa da Anvisa, Rússia prepara nova vacina para estados e municípios

Entre os beneficiados pela ‘Sputnik Light’ está a Prefeitura de Betim, na Grande BH

Por Lucas Ragazzi - Saúde27/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Fundo Soberano Russo responsável legal pela vacina Sputnik V, tranquilizou municípios e Estados brasileiros em uma reunião realizada na semana passada, e garantiu que uma vacina chegaria ao país, mas não a marca previamente acordada.

O imunizante não seria mais vendido aos brasileiros, mas uma nova vacina ainda sendo desenvolvida no país, a Sputnik Light. Com previsão de ser aprovada pelos órgãos sanitários russos na semana que vem, o imunizante passou a ser negociado aos estados e municípios brasileiros.

O combinado com os russos aconteceu pelo temor dos prefeitos e governadores que acabou se concretizando na noite desta segunda-feira (27), com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negando a aprovação para compra e uso do Sputnik V.

Segundo fontes da Prefeitura de Betim ouvidas por 98, os russos afirmaram que a Sputnik Light tem condições legais para ser enviado ao Brasil. Uma viagem com representantes brasileiros de várias cidades e Estados está marcada para o próximo dia 7 de maio, com intenção de fechar o negócio.

A Sputnik Light está em fase de testes nível 3 na Venezuela e prepara sua aprovação na Rússia até a próxima semana. Ela tem dose única e efetividade constatada inferior ao Sputnik V, mas ainda assim "de boa qualidade", segundo a fonte da Prefeitura de Betim ouvida pela reportagem. A nova vacina não precisa ser conservada na temperatura baixa como o antecessora.

A Rádio 98 contatou a Prefeitura de Betim para entender o caso, e aguarda resposta.