98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Concluída centralização de testes imunohematológicos de doadores de sangue

Concluída centralização de testes imunohematológicos de doadores de sangue

Amostras estão armazenadas em um banco único, em Belo Horizonte; projeto permite a uniformização do processo

Por Agencia do Minas Gerais - Saúde11/09/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Governo de Minas finalizou, na primeira semana de setembro, o projeto estratégico de Centralização dos Testes Imunohematológicos dos doadores de sangue. A iniciativa tem como objetivo centralizar, na capital mineira, os testes imunohematológicos de todos os doadores do estado. 

Um dos benefícios da centralização é que possibilita a otimização de recursos humanos, tecnológico e financeiro, além de simplificar os processos e realocar os servidores nas Unidades Regionais. Além disso, permite a uniformização do processo com um importante ganho de segurança e qualidade. A última unidade, que teve seus testes centralizados, foi o Hemocentro de Juiz de Fora.

Fundação Hemominas responde pelo projeto. Segundo a presidente da fundação, Júnia Cioffi, a centralização é importante, não só pela economia em recursos humanos e insumos, mas também pelo aumento na qualidade dos testes. “A equipe que fará os testes será a mesma para todas nossas Unidades no estado, e está muito bem treinada para o trabalho. A finalização desse projeto é um indicativo da hemoterapia de excelência que é feita na Hemominas”, comemora.

A conclusão do projeto foi possível com a aquisição, em 2019, de um equipamento (PK 7300), que aumentou a capacidade operacional. “A Fundação Hemominas é um centro de excelência em hemoterapia e continua agregando qualidade à saúde de Minas Gerais, alinhada às diretrizes da gestão estadual sendo mais eficiente possível e otimizando os recursos financeiros”, afirma o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral.