98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Conselho de Saúde de BH diz que situação em UPAs está crítica

Conselho de Saúde de BH diz que situação em UPAs está crítica

O secretário do Conselho Municipal de Saúde de BH, Bruno Pedralva, disse que oito pacientes na UPA Barreiro precisavam de UTIs no fim de semana e não havia disponibilidade

Por Da redação - Saúde29/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte afirma que a situação em unidades de pronto atendimento da capital mineira está crítica por causa do aumento do número de casos de Covid-19

O secretário do Conselho Municipal de Saúde de BH, Bruno Pedralva, disse que a situação no fim de semana foi "dramática" na UPA Barreiro. Segundo ele, oito pessoas precisavam de Unidades de Terapia Intensiva e não havia vagas na rede municipal. "Eu nunca vi uma situação dessa que aconteceu na UPA do Barreiro", disse.

Ele afirmou que o quadro só foi se normalizar hoje de manhã, quando o último paciente foi transferido para o Hospital Metropolitano.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que um respirador da UPA Venda Nova e um do SAMU foram remanejados para a unidade do Barreiro, para a assistência aos pacientes. Os pacientes que necessitam de internação estão sendo transferidos para Hospitais da Rede SUS-BH.

A PBH destacou que o aumento do número de pacientes com suspeita de Covid-19 em UPAs e hospitais da Rede SUS em Belo Horizonte foi um dos motivos que contribuíram para a decisão da Prefeitura de retorno à fase de controle (funcionamento apenas de atividades essenciais). 

A Prefeitura disse ainda que está verificando com os hospitais 100% SUS a possibilidade da abertura imediata de novos leitos de UTI.

Confira a entrevista de Bruno Pedralva no Central 98: