98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Farmácia de Minas muda forma de distribuição de remédios em BH

Farmácia de Minas muda forma de distribuição de remédios em BH

O objetivo é evitar aglomerações de pessoas que estão no grupo de risco da Covid-19

Por Da Redação - Saúde17/04/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter


Por conta da pandemia de Coronavírus, a recomendação é evitar filas e possíveis aglomerações. Por conta disso, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio da Coordenação da Assistência Farmacêutica da Superintendência Regional de Saúde de Belo Horizonte, estabeleceu parcerias com clínicas de Terapia Renal Substitutiva do SUS. O objetivo das parcerias é que os pacientes busquem os medicamentos diretamente nas clínicas onde realizam as sessões de hemodiálise evitando aglomerações nas farmácias e pontos de distribuição do governo.

A medida, que passou a valer desde a última segunda-feira (13/4) e vai beneficiar inicialmente mais de 1400 usuários da Farmácia de Minas, localizada na capital e que atende à Regional de Saúde de Belo Horizonte.

A Coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica da Regional de BH, Patrícia Oliveira, explica que, embora a dispensação dos medicamentos seja previamente agendada, alguns pacientes costumam ir às farmácias fora da data do agendamento, podendo gerar aglomerações.

Patrícia Oliveira ressalta que mesmo aquele paciente acometido pela Anemia na Doença Renal Crônica (DRC), que vai à farmácia para buscar outros medicamentos, além daqueles específicos para o tratamento de anemia na DRC, também poderão buscá-los na clínica onde faz a hemodiálise, não necessitando comparecer à farmácia para retirar os demais medicamentos”, explica.

Dessa forma, os pacientes de hemodiálise das clínicas abaixo, receberão, de acordo com a escala do início da disponibilização dos medicamentos nas clínicas, os medicamentos exclusivamente no local. Esses pacientes já estão sendo comunicados sobre a mudança. Os locais serão:

Nefron de Contagem (R Paulo D'Assunção, 88 - And-1, Jardim Industrial - Contagem) | 13/04

• Instituto Mineiro de Nefrologia de Belo Horizonte (Rua Dos Aimorés, 200 – Funcionários - BH) | 14/04

• Hospital Universitário Ciências Médicas (Rua Aimorés, 2.896 - Santo Agostinho - BH) | 15/04

• Hospital São Francisco (Rua Itamaracá, 535, Concórdia - BH) | 16/04

• Fundação Hospitalar Nossa Senhora de Lourdes (Rua Madre Tereza- Centro - Nova Lima) | 17/04

• Hospital da Baleia (Rua Juramento, 1464, Bairro Saudade - BH) | 18/04

Ainda com o objetivo de beneficiar o maior número de usuários desse grupo de risco, mais parcerias têm sido acordadas com outras clínicas de Terapia Renal Substitutiva do SUS.

Atualmente, o Estado trabalha para aumentar a capacidade dispensação aos usuários, tendo por base uma demanda para os próximos 2 ou 3 meses. Assim, os pacientes que realizam uso contínuo de determinado medicamento, poderão recebê-lo em um volume suficiente para tratamento por 2 ou 3 meses.

Para aqueles que fazem parte dos grupos de risco, a orientação é utilizar o modelo de declaração autorizadora que está  disponível no site, para designar um procurador que possa retirar o medicamento em nome do paciente.

Outra medida adotada pela SES-MG para evitar o ajuntamento de pessoas me portas da farmácias é o da parceria inédita entre o Governo de Minas e a empresa de aplicativo 99, para fazer a entrega domiciliar de medicamentos aos pacientes do grupo de risco do coronavírus.