98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Hospital Eduardo de Menezes ganha nova ala contra a Covid-19

Hospital Eduardo de Menezes ganha nova ala contra a Covid-19

Unidade referência no combate ao coronavírus ganha 12 novos leitos de terapia semi-intensiva

Por João Henrique do Vale - Saúde09/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Dudu Almeida

Uma nova ala do Hospital Eduardo de Menezes, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, será aberta nesta quinta-feira (09). A unidade, uma das referências no combate a Covid-19, terá mais 12 leitos de terapia semi-intensiva, com respiradores e equipamentos necessários para atender pacientes em estado crítico. Nesta sexta-feira, o Hospital da Baleia também receberá novos leitos. 

Com a abertura da nova ala, o hospital, gerido pela Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), vai ampliar a capacidade atual de 30 leitos de terapia intensiva e 53 de enfermaria.  

O Governador Romeu Zema (Novo) visitou a nova ala do hospital. Em entrevista coletiva, comemorou ter inaugurada uma obra que estava paralisada há anos. "É um prazer estar aqui no Eduardo de Menezes entregando leitos de isolamento que tem capacidade de UTI. Uma obra que estava há 10 anos paralisada. Uma prática que passou a ser normal no Brasil, principalmente depois do ano 2.000", afirmou.

Zema ressaltou que desde fevereiro, houve um aumento de 60% no número de leitos de UTI em Minas Gerais. Segundo ele, parte da ampliação aconteceu na região metropolitana de Belo Horizonte, onde a doença se espalha rapidamente. "Muitos desses leitos estão na Grande BH. Hoje temos o conhecimento de pessoas indo para o interior por encontrar dificuldade em BH para tratamento", comentou.

Nesta sexta-feira, novos leitos de UTI serão abertos no Hospital da Baleia. O Secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, informou, ainda, que serão entregues respiradores para a unidade de saúde e também para a Santa Casa de Belo Horizonte.

Críticas da PBH

O governador rebateu críticas que vem recebendo de integrantes da Prefeitura de Belo Horizonte em relação a falta de abertura de leitos na capital mineira. "Temos feito o maior investimento na região metropolitana. Fizemos a inauguração, na última semana, de 30 leitos em Betim, e se preciso, vamos abrir mais 90. A Grande BH não está desassistida. Se tiver que reclamar é do governo anterior que tirou mais de R$ 7 bilhões dos municípios e hoje estamos pagando", disse.

"Não faltará leitos em BH no que depender do estado. E algumas cidades como Betim estão atuando muito bem. Me parece que quem está fazendo não está reclamando", completou. 

Recursos

O Hospital Eduardo de Menezes recebe pacientes de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Belo Horizonte e também de unidades de saúde do interior de Minas Gerais. 

A ampliação do hospital acontece graças a liberação judicial de recursos da Vale, como medida compensatória pelo rompimento das barragens em Mariana e Brumadinho. Ao todo, foram remanejados R$ 5,2 milhões para a conclusão das obras da ala B.  

Outros R$ 1,6 milhões foram liberados ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). 

Serão entregues 12 respiradores e dois cardioversores. Os equipamentos custaram R$ 24 mil e são provenientes de acordo judicial com a Samarco.