98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Laboratório da PBH é habilitado e Minas amplia capacidade de testes da Covid-19

Laboratório da PBH é habilitado e Minas amplia capacidade de testes da Covid-19

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) habilitou outras 12 instituições públicas para realizar a análise de exames do novo coronavírus em Minas Gerais

Por João Henrique do Vale - Saúde10/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A capacidade de testes do novo coronavírus em Minas Gerais foi ampliada. A Fundação Ezequiel Dias (Funed) habilitou treze instituições públicas, entre elas o laboratório da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) para realizar as análises dos exames. Com isso, ampliou a capacidade de serem realizados 3.750 testes por dia.

Com a ampliação, a Secretaria de Estado de Saúde busca identificar os casos suspeitos precocemente. Segundo a diretora do Laboratório Central de Saúde Pública de Minas Gerais (Lacen-MG) da Funed, Marluce Oliveira, o processo de habilitação certifica que os laboratórios são considerados aptos para a realização de exames para detecção do vírus SARS-CoV-2 por biologia molecular, que é considerado padrão ouro para diagnóstico da covid-19.

Nesta semana, os laboratórios da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e da Prefeitura de Belo Horizonte foram habilitados, na região Central. Na semana passada, foram os da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) nas regiões do Triângulo Mineiro, Norte de Minas e Centro-Oeste, respectivamente. A Unimontes e a UFTM já estão operando, enquanto a UFSJ, PBH e Ufop estão definindo o fluxo de amostras com a SES-MG para iniciar as suas atividades.

Processo de habilitação

Os laboratórios precisam atender a critérios mínimos de estrutura e equipamentos para serem habilitados, além de obter resultado satisfatório do estudo de concordância nos testes realizados no painel de amostras preparado pela Funed.

O estudo da Fundação consiste na disponibilização, aos laboratórios, de um painel de amostras positivas e negativas, que são previamente analisadas pela Funed. Os laboratórios devem realizar os exames e reportar os seus resultados à Fundação. Havendo concordância de 100% entre os resultados, será emitido um parecer de concordância e o laboratório é considerado habilitado.