Carregando...

Saúde

Médico diz acreditar que pessoas com anticorpos IgG já estejam imunizadas

Em entrevista ao Central 98, Marcelo Lopes Ribeiro disse que por isso esses pacientes deveriam deixar de manter costumes de proteção, como lavar as mãos e usar a máscara.

Por Da redação

O gestor em Saúde Pública e integrante do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Belo Horizonte, Marcelo Lopes Ribeiro, participou do Central 98 na manhã desta terça-feira (7) e disse que deveria existir um método de identificação para as pessoas que já tivessem detectados anticorpos IgG - indicador de que o organismo já tem proteção em caso de novo contato com o microrganismo.

Ribeiro disse acreditar que esses pacientes já estejam imunizados, mas que nem por isso elas deveriam deixar de manter costumes de proteção, como lavar as mãos e usar a máscara.

"Já são 110 dias de pandemia. Já teria como estar com paciente mapeado, e quem tivesse com IgG positivo, voltaria à linha de frente", disse.

Segundo o médico, um estudo divulgado na semana passada deu conta de que as pessoas que estão realmente imunizadas com o IGG positivo. Ele acredita que é enorme a possibilidade de essas pessoas estarem imunizadas. "100% não tem como, mas eu posso dizer que 99%", disse o médico.

Marcelo Lopes Ribeiro falou ainda sobre o panorama da Covid-19 em Belo Horizonte na proximidade do pico da doença, previsto para a segunda semana de julho.

Confira a entrevista completa:



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais