Carregando...

Saúde

Minas Consciente vai contabilizar leitos da rede privada de saúde para orientar reabertura

Dados sobre população com plano de saúde serão obtidos junto a Agência Nacional de Saúde (ANS)

Por Carol Torres


As cidades que possuem rede de Saúde suplementar (rede privada) poderão receber abordagem específica para definição das ondas do plano Minas Consciente.

A deliberação, aprovada nessa quarta-feira (12) pelo Comitê Extraordinário Covid-19, autoriza que o grupo técnico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) verifique, nas próximas duas semanas, o número de leitos de UTI particulares e a viabilidade de considerá-los para a definição dos riscos de reabertura.

De acordo com o governador Romeu Zema, serão levantados dados da Agência Nacional de Saúde (ANS) sobre a parcela da população atendida pela rede privada de saúde.

Isso provavelmente nos dará uma visão ainda mais próxima da realidade em relação à nossa capacidade assistencial. Se concluirmos que a cidade possui uma grande parcela da população atendida pelos planos de saúde, o ideal é que esses leitos também sejam incluídos no cálculo dos indicadores, além dos leitos contabilizados pelo SUS”, afirmou Zema.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais