98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Minas tem a segunda morte de detento por Covid-19

Minas tem a segunda morte de detento por Covid-19

Homem, de 77 anos, estava no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira

Por João Henrique do Vale - Saúde30/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Um detento que estava no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira morreu depois de ser contaminado pela Covid-19. Essa é a segunda morte de presos em penitenciárias mineiras por causa da doença. Outros 321 internos foram confirmados com a enfermidade desde o início da pandemia.

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), o detento, de 77 anos, deu entrada no sistema prisional em 9 de junho. Dez dias depois apresentou quadro de corisa e tosse seca. O detento estava em uma unidade, onde cumpriu quarentena.

Depois de apresentar sintomas, o preso, segundo a Sejusp, foi isolado e acompanhando por quatro dias. Com a piora no quadro de saúde, ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste, onde passou por exames. Em seguida, foi levado para o Hospital Júlia Kubischek, onde morreu no domingo.  O homem não tinha comorbidades e cumpria prisão temporária.

Os 10 presos que estavam na ala em que detento se encontrava já estão isolados e sendo acompanhados pela equipe de saúde da unidade. Eles passaram por exames. O local também está recebendo limpeza e desinfecção diariamente, segundo a Sejusp.

Detentos contaminados

Nas últimas semanas, como já divulgado pela Sejusp, 11 presos foram confirmados para covid-19 no Ceresp Gameleira, em outra ala. Todos estão assintomáticos e também acompanhados pela equipe de saúde do Ceresp.

A Sejusp afirmou que, atualmente, Minas tem 60 mil presos. Até essa segunda-feira, 321 detentos foram confirmados com a Covid-19. Deste total, 320 estão assintomáticos ou com sintomas leves da doença, segundo a Sejusp. Um está internado.