Carregando...

Saúde

No dia previsto para o pico da pandemia de Covid-19, Minas tem mais de 60 mortes

Nas últimas 24 horas, 64 mortes foram confirmadas no território mineiro. Já são 1.752 pessoas que perderam a vida no estado desde o início da pandemia

Por João Henrique do Vale

O novo coronavírus continua avançando por Minas Gerais. Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 64 mortes em decorrência da doença. Agora, são 1.752 pessoas que perderam a vida no território mineiro. No mesmo período, foram 3.367 novos casos da Covid-19, chegando a 82.010 infectados. Deste total, 56.001 pessoas se curaram da enfermidade. Os dados foram atualizados na manhã desta quarta-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG).

Minas Gerais está na semana prevista pelos infectologistas e profissionais de saúde como a do pico da Covid-19. A projeção era que esta quarta-feira fosse o dia em que teríamos o registro do maior número de casos e mortes da doença.

O recorde de casos confirmados em 24 horas não foi registrado hoje. Em 26 de junho, quando houve uma mudança na metodologia por parte da SES. Foram casos que estavam represados na comunicação entre os municípios e o Estado e foram incluídos no boletim epidemiológico. Vale destacar que o pico da Covid-19 só será conhecido depois que passarmos por ele. 

89% de Minas com casos

A doença já se espalhou por 89% dos municípios mineiros. De acordo com a SES, 763 das 853 cidades de Minas Gerais já registraram, ao menos, um caso de Covid-19. Belo Horizonte é a que tem mais infectados e mortes pelo novo coronavírus. Já são 11.827 casos confirmados e 296 mortes. 


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais