98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Ocupação de leitos de UTI volta a subir em BH

Ocupação de leitos de UTI volta a subir em BH

Após uma sequência de vários dias em queda, a procura por terapia intensiva voltou a crescer em BH, enquanto ocupação em enfermarias cai e índice de transmissão fica inalterado

Por Marcello Oliveira - Saúde15/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A ocupação de leitos de UTI para Covid-19 voltou a subir em BH, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Belo Horizonte no início da noite desta quinta-feira (15). A ocupação de enfermarias permanece em queda. Na terapia Intensiva a ocupação subiu de 84,8% na quarta-feira (14) para 87,2% nesta quinta-feira, o que reforça a preocupação com a quantidade de pessoas precisando de um leito de terapia intensiva. A ocupação nas enfermarias permanece no nível amarelo e em queda. Nesta quarta estava em 68,1%% e agora em 65,4%.

O índice RT, que mede o nível de transmissão por infectado na cidade, está na zona verde pelo 11º dia seguido e manteve o mesmo índice de quarta-feira, 0,87, o nível mais baixo desde que começaram as restrições na cidade. Isso significa que cada grupo de 100 infectados, transmite o vírus para 87 pessoas. Segundo os epidemiologistas, se esse indicativo permanecer no nível verde por pelo menos duas semanas, considera-se que a transmissão do vírus está sob controle na cidade. Já estamos há 11 dias na zona verde do indicativo.

Outra preocupação neste momento é grande número de casos confirmados de Covid-19 e de óbitos pela doença. Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas mais 1.086 novos casos em Belo Horizonte e 51 óbitos. 

O comitê de combate à pandemia em Belo Horizonte se reuniu nesta semana para definir os próximos passos na flexibilização, que agora levará em conta também o nível de estoque de remédios nos hospitais. Nada foi definido até agora, mas outros encontros acontecerão e uma definição deve ser divulgada até sexta-feira (16).