98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Ocupação de UTIs no SUS cai, mas situação se agrava na rede particular em BH

Ocupação de UTIs no SUS cai, mas situação se agrava na rede particular em BH

Prefeitura abriu 18 leitos na rede pública. Taxa caiu de 91,1% para 85,4% no SUS

Por Fernando Motta - Saúde18/03/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu 18 novos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 no SUS nesta quinta-feira (18). Agora, a capital mineira tem 411 leitos para tratamento da doença. Com o incremento, a taxa de ocupação de UTIs caiu de 91,1%, para 85,4% na rede pública.

Por outro lado, a situação nos hospitais particulares se agravou nesta quinta-feira (18). A ocupação de UTIs Covid na rede privada subiu de 102,8% para 109,5%. Isso significa que há pacientes na fila, aguardando pela disponibilização de leitos para tratamento intensivo.

Este aumento contribuiu para a manutenção da taxa geral na cidade em 96,6%, que inclui as duas redes (SUS e Suplementar).

Já em relação aos leitos de enfermaria para tratamento da Covid-19, a ocupação aumentou em 1%, chegando a 80,3%.

No boletim epidemiológico divulgado nesta tarde pela Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de transmissão da doença, chamada de RT, aparece com queda de 0,03 pontos em relação a ontem, ficando em 1,23.

Belo Horizonte tem 127.136 casos confirmados da Covid-19. Deste total, 6.769 continuam em acompanhamento. O número de óbitos subiu em 23 e chegou a 2.980.