Carregando...

Saúde

Onda Roxa com toque de recolher passa a valer em todas as cidades de Minas

Forças policias serão utilizadas para fiscalizar e coibir algum eventual desrespeito às medidas restritivas, que inclui toque de recolher e reuniões em casa

Por Marcello Oliveira

Todas as regiões de Minas entrarão na onda roxa do programa Minas consciente. A decisão foi tomada há pouco e será anunciada no início da manhã desta terça-feira (16) na Cidade Administrativa de Minas Gerais, segundo a 98 apurou junto a fontes do Governo.

 Todas as cidades do Estado estarão na fase roxa de forma impeditiva ou seja, os prefeitos não terão autonomia de escolha se querem ou não aderir ao programa.O novo conjunto de restrições para todo o estado começa a valer já nesta quarta-feira (17).

 Na onda roxa fica estabelecido o toque de recolher entre 20h e 05h e as forças policiais podem ser usadas para fiscalizar e até punir quem não respeitar as restrições impostas.

 

Veja abaixo as medidas impostas pela Onda Roxa:

·        Fechamento do comércio não essencial

·        Suspensão de cirurgias eletivas

·        Apoio das forças de segurança

·        Restrição de circulação de pessoas (só poderão sair de casa para atividades essenciais)

·        Toque de recolher das 20h às 5h

·        Proibição de pessoas sem máscara em qualquer espaço

·        Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe

·        Proibição de reuniões presenciais, inclusive entre parentes que não morem na mesma casa

·        Implantação de barreiras sanitárias de vigilância

·        Fechamento de bares e restaurantes (funcionamento apenas por delivery)

·        Proibição de eventos públicos e privados

 

Serviços considerados essenciais pelo Minas Consciente:

·        Alimentos, Agropecuária e Agroindústria (excluídos bares e restaurantes);

·        Serviços de Saúde (atendimento, indústrias, veterinárias, etc);

·        Bancos e seguros;

·        Transporte público;

·        Energia, gás, petróleo, combustíveis e derivados;

·        Manutenção de equipamentos e veículos;

·        Construção civil;

·        Indústrias (apenas da cadeia de Atividades Essenciais);

·        Lavanderias;

·        Imprensa;

·        Serviços de TI, dados, imprensa e comunicação;

·        Serviços de interesse público (água, esgoto, funerário, correios etc.).


Com informações de Lucas Ragazzi

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais