98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Prefeitura de BH tenta reverter decisão judicial para flexibilizar comércio

Prefeitura de BH tenta reverter decisão judicial para flexibilizar comércio

TJMG determinou que cidades que não estão inseridas no Minas Consciente, programa de retomada da economia do Governo de Minas, só podem abrir serviços essenciais

Por João Henrique do Vale - Saúde22/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Já está sendo analisado pela Justiça o recurso da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) contra uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que determinou a abertura de somente serviços essenciais em cidades que não estão inseridas no Minas Consciente, programa de retomada da economia do Governo de Minas O pedido foi feito pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG)

Em nota, a prefeitura informou que "aguarda decisão da Justiça (TJMG)". A reversão da decisão é uma das condicionantes para a abertura do comércio em Belo Horizonte. Segundo a administração municipal, outro fator é o avanço da Covid-19. 

A ocupação de leitos de UTI próprios para o tratamento da doença está em 91%. Em relação a enfermaria, está em 71%, o maior índice desde o início da pandemia. Belo Horizonte teve 21 óbitos registrados nas últimas 24 horas e tem 398 mortes confirmadas. A capital tem 13.691 casos confirmados.