Carregando...

Saúde

Secretaria de Saúde espera que curva da Covid-19 comece a cair em 15 dias em MG

Secretário Carlos Eduardo Amaral disse que "pico não se concretizou", e que Estado teve um "platô aquém do que seria o pico"

Por Fernando Motta

O secretário de Saúde Carlos Eduardo Amaral disse em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (27), que o pico esperado para a Covid-19 em Minas Gerais não se concretizou. Segundo ele, os últimos 10 dias no Estado mostraram que a ocupação de leitos hospitalares vêm mantendo estabilidade, mesmo nas regiões mais críticas.

"O pico não se concretizou. Tivemos um platô com esse nível de ocupação que estamos mantendo, aquém do que seria o pico", disse Amaral.

Segundo ele, a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Minas está em 67%. Em algumas regiões mais críticas, esse número sobe para 78%. Já os leitos de enfermaria têm média de ocupação de 58%, segundo Amaral.

A partir dessas projeções, o secretário diz que espera uma queda na curva da Covid-19 em Minas em 15 dias. "Tudo leva a crer que há uma tendência natural que isso comece a reduzir a medida que o tempo passe. Estamos trabalhando com um período de 15 dias", avalia o secretário.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais