98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Secretário de Saúde admite falha em indicador que impediu volta às aulas em BH"

Secretário de Saúde admite falha em indicador que impediu volta às aulas em BH"

Vereadora Marcela Trópia, presidente da Comissão de Educação da Câmara, participou do Central 98 e disse que BH 'perdeu grandes oportunidades' de retomar as aulas quando a cidade estava toda aberta

Por Da redação - Saúde01/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O secretário municipal de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado, admitiu que indicador usado no ano passado para definir o retorno às aulas presenciais era impossível de ser atingido. A revelação foi feita durante audiência pública na Câmara Municipal nessa quarta-feira (31).

O critério utilizado seria de que as escolas poderiam reabrir quando houvesse apenas 20 casos para cada 100 mil habitantes. Segundo o secretário, o comitê de enfrentamento à Covid-19 se reuniu e modificou o indicador. O novo critério a ser atingido, no entanto, não foi revelado. 

"O comitê chegou à conclusão de que a gente tem que correr algum risco, não é possível ficar com as escolas fechadas. Nós sabemos do impacto psicossocial que o afastamento das escolas traz para as crianças", disse o secretário durante a audiência pública.

A vereadora Marcela Trópia, presidente da Comissão de Educação da Câmara, participou do Central 98 desta quinta-feira (1º) e criticou a postura do comitê de manter as escolas fechadas no momento em que os outros setores estavam funcionando.

"A gente perdeu grandes oportunidades de quando a cidade estava toda aberta de ter retomado as aulas presencias de maneira segura. Agora que a gente está com os índices no pior momento da pandemia, é claro que a gente não pode falar nesse retorno, mas qual vai ser o critério então pra retomar já que esse critério é inalcançável?"

Confira a entrevista completa: