Carregando...

Saúde

'Tendência hoje é que haja mais restrições', diz secretário Marcelo Cabral

Sobre o hospital de campanha do Expominas, o secretário ainda não deu uma previsão de abertura e insistiu que o objetivo do governo vem sendo ampliar leitos em hospitais convencionais

Por Da redação

O secretário-adjunto de Saúde Marcelo Cabral conversou com o Central 98 na manhã desta quarta-feira (1º) e disse que a tendência hoje em Minas é que sejam adotadas mais restrições e não um processo de avanço de reabertura no programa Minas Consciente.

Cabral lembrou que o Estado está se aproximando do momento de pico, previsto para meados do dia 15 de julho, e que cada cidade deve seguir seus indicadores, mas, no entanto, seria "incoerente", o governo recomendar uma progressão nas etapas do programa.

"A gente sabe que o ganha pão das pessoas é muito importante, a gente olha tudo, mas seria incoerente", disse Cabral.

Sobre o hospital de campanha do Expominas, o secretário ainda não deu uma previsão de abertura e insistiu que o objetivo do governo vem sendo ampliar leitos em hospitais convencionais.

Confira a entrevista completa com o secretário sobre a situação de Minas:



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais