98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Vacina da Pfizer segue para o interior de MG para atender grupos prioritários

Vacina da Pfizer segue para o interior de MG para atender grupos prioritários

Segundo o Governo do Estado, os imunizantes vão para cidades que atendem aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, mas a própria pasta informa que mantém a orientação de destinar a vacina da Pfizer apenas às capitais

Por Marcello Oliveira - Saúde24/05/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Fábio Marchetto / Agência Minas


A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) enviou, nesta segunda-feira (24), às Unidades Regionais de Saúde, as 64.350 doses de vacina Pfizer, destinadas a 47 municípios mineiros. As cidades atenderam aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, em acordo com a Comissão Intergestores Bipartite do Sistema Único de Saúde do Estado de Minas Gerais, para armazenamento e manipulação do imunizante. É a primeira distribuição da vacina da Pfizer para cidades do interior, sendo que inicialmente o Ministério da Saúde ordenou que apenas capitais receberiam o imunizante devido a alta complexidade de armazenamento das doses, que exigem ultracongeladores que mantenham as vacinas a uma temperatura de -70ºC, conforme o orientado pelo fabricante.

A reportagem entrou em contato com o Ministério da Saúde e a pasta respondeu que “orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante da Pfizer seja realizada apenas nas capitais, de forma a evitar prejuízos na vacinação e garantir o esquema vacinal de 12 semanas entre uma dose e outra”. A recomendação é para que os gestores locais concentrem a aplicação preferencialmente em unidades de saúde que possuam câmaras refrigeradas cadastradas na Anvisa, com sistema de segurança que alerte em casos de problemas, como falta de energia elétrica, por exemplo.

 A recomendação do Ministério da Saúde é para que estados e municípios sigam o que foi acordado, no entanto, os gestores locais do SUS têm autonomia para seguir com a estratégia local de vacinação, conforme as demandas regionais.

As doses fazem parte da 20ª remessa de imunizantes enviada pelo Ministério da Saúde e, pela primeira vez, outras cidades mineiras além da capital são contempladas com o imunizante da Pfizer. Até então, só Belo Horizonte havia recebido esta vacina, conforme orientações do Plano Nacional de Imunização (PNI). Compõem o 20º lote outras 435.500 doses da AstraZeneca e 8.200 doses da CoronaVac, que já foram distribuídas, por via terrestre, a partir da Central Estadual de Rede de Frio.

Confira os critérios para cada município receber o imunizante da Pfizer:

- População acima de 79 mil habitantes;

- Equipe capacitada para a administração da vacina;

- Menor distância da sede da Unidade Regional de Saúde (URS): os municípios devem estar distantes, no máximo, 2h30min da capital, por modal aéreo ou rodoviário (veículo refrigerado), a fim de ampliar a segurança da preservação da temperatura de transporte indicada (-15°C à -25°C), observada a estrutura disponível para logística;

- Comprovar mecanismos de agendamento para vacinação;

- Agendar a vacinação de modo a consumir 100% das doses em no máximo quatro dias, a contar da data agendada para recebimento das vacinas;

- O tempo de validade máximo após abertura do frasco, conservado entre 2°C e 8°C, é de 6h. As unidades de saúde devem manter procedimentos orientados à utilização integral das seis doses (0,3 ml) por frasco no período de funcionamento/vacinação;

- Não deve ser realizada a vacinação com Pfizer/Comirnaty fora das unidades de saúde, para garantir que as condições de preparo e conservação sejam rigorosamente preservadas.

Municípios que receberão vacinas Pfizer:

Alfenas, Araguari, Araxá, Barbacena, Betim, Caratinga, Conselheiro Lafaiete, Contagem, Coronel Fabriciano, Curvelo, Divinópolis, Governador Valadares, Ibirité, Ipatinga, Itabira, Itajubá, Itaúna, Ituiutaba, João Monlevade, Juiz de Fora, Lavras, Manhuaçu, Montes Claros, Muriaé, Nova Lima, Nova Serrana, Pará de Minas, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, São João del-Rei, Teófilo Otoni, Timóteo, Vespasiano, Passos, Paracatu, Patos de Minas, Patrocínio, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Três Corações, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Unaí e Varginha. Toda a operação de distribuição de vacina conta com a escolta das Forças de Segurança do Estado.


Público-alvo

O imunizante da Pfizer será destinado às pessoas com comorbidades, grávidas, mulheres que acabaram de dar à luz e deficientes permanentes. Já os imunizantes da CoronaVac e AstraZeneca devem completar a dose 2 de quem está em tempo hábil para receber a vacina ou está com o esquema vacinal atrasado. 


Acompanhe o quantitativo de cada remessa

1ª remessa


577.480 doses da CoronaVac em 18/1/2021


2ª remessa


190.500 doses de AstraZeneca em 24/1/2021


3ª remessa


87.600 doses da CoronaVac em 25/1/2021


4ª remessa


315.600 doses da CoronaVac em 7/2/2021


5ª remessa


220.000 doses da AstraZeneca e 137.400 doses da CoronaVac em 23/2/2021


6ª remessa


285.200 doses da CoronaVac em 3/3/2021


7ª remessa


303.600 doses da CoronaVac em 9/3/2021


8ª remessa


509.800 doses de CoronaVac em 17/3/2021


9ª remessa


86.750 doses da AstraZeneca e 455.800 doses da CoronaVac em 20/3/2021


10ª remessa


116.600 doses de AstraZeneca e 359.000 doses de CoronaVac em 26/3/2021


11ª remessa


73.250 doses de AstraZeneca e 943.400 doses de CoronaVac em 1/4/2021


12ª remessa


257.750 da AstraZeneca e 220.400 da Coronavac, em 8/4/2021


13ª remessa


426.000 da AstraZeneca e 275.200 da CoronaVac, em 16/4/2021


14ª remessa


316.750 doses da AstraZeneca e 73.800 da CoronaVac, em 23/4/2021


15ª remessa


578.000 doses da AstraZeneca e 11.800 doses da CoronaVac, em 29/4/2021


16ª remessa


30.400 doses da CoronaVac, em 1/5/2021 e 676.250 doses da AstraZeneca, em 3/5/2021


17ª remessa


50.310 doses da Pfizer, em 3/5/2021


18ª remessa


396.500 doses da AstraZeneca, em 6/5/2021, 100.200 doses da CoronaVac, em 8/5/2021, e 112.320 doses da Pfizer, em 10/5/2021


19ª remessa


422.750 doses da AstraZeneca e 207.800 doses de CoronaVac, em 13/5/2021, e 101.600 doses da CoronaVac, em 14/5/2021


20ª remessa


435.500 doses da AstraZeneca, 8.200 doses da CoronaVac e 64.350 doses da Pfizer, em 18/5/2021 


Total: 9.427.860 doses