98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Vacinação contra Covid-19 segue normalmente neste feriado em BH

Vacinação contra Covid-19 segue normalmente neste feriado em BH

Os centros de saúde e pontos Drive-Thru funcionarão com equipe exclusiva para aplicação da vacina contra Covid-19 das 7h30 às 14h

Por Da Redação - Saúde02/06/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Marcelo Camargo /Agência Brasil

No feriado desta quinta-feira (03), a Prefeitura de Belo Horizonte irá vacinar trabalhadores do Ensino Médio, profissionalizante e EJA com 18 anos ou mais completos até 30 de junho. Os centros de saúde funcionarão com equipe exclusiva para aplicação da vacina contra Covid-19 das 7h30 às 14h. Os pontos de drive-thru também estarão em funcionamento neste mesmo horário.

Também poderão se imunizar nesta quinta-feira pessoas de grupos já contemplados e que por alguma razão ainda não compareceram. 

Nesta etapa estão contemplados todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do Ensino Médio, profissionalizante e EJA de Belo Horizonte. A lista das escolas está no portal da PBH. Para se vacinar, o público precisa seguir as seguintes orientações:

 - Ser trabalhador da educação do Ensino Médio profissionalizante e EJA em atividade em escolas públicas e privadas de Belo Horizonte;

- Apresentar documento de identificação com foto;

- Não ter recebido vacina contra a Covid-19;

- Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias;

- Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Além das orientações acima citadas, o trabalhador precisa apresentar um documento que comprove a sua vinculação ativa com estabelecimento de educação localizado em Belo Horizonte por meio da apresentação de:

- Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos 3 meses; ou

- Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou

- Contrato de trabalho; ou

- Declaração de vinculação ativa como trabalhador da educação emitida pelo estabelecimento de ensino.

Professores e trabalhadores de cursos de línguas e pré-vestibular não estão elegíveis para a vacinação neste momento.