98 Live - Logo
  1. News
  2. Saúde
  3. Vereador mostra em live um hospital equipado, mas completamente vazio

Vereador mostra em live um hospital equipado, mas completamente vazio

Santa da Casa de Carmo da Mata conta com UTI´s, mas encaminha pacientes com Covid-19 para outras cidades; prefeitura e Governo do Estado alegam falta de estrutura do hospital

Por Marcello Oliveira - Saúde29/03/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Após ter vídeo onde mostra a ociosidade da Santa Casa de Misericórdia de Carmo da Mata, na região oeste de Minas, viralizado, o vereador Diego Espino (PSL), de Divinópolis, irá se reunir com o governador do Estado, Romeu Zema (NOVO) e com os mantenedores do hospital para discutir a situação.

O vereador mostrou em suas redes sociais a atual situação do hospital. No vídeo, Espino mostra a unidade de saúde, dizendo que ela aparentemente está apta ao atendimento hospitalar, porém sem nenhum paciente. Ele ainda conversa com funcionárias que aparentam ser enfermeiras e até com um médico. Ele segue mostrando a estrutura hospitalar com leitos, desfibradores, cilindros de oxigênio e até um respirador. Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde e a prefeitura de Carmo da Mata informaram que o hospital mostrado no vídeo não possui estrutura de atendimento aos pacientes com Covid-19.

Em entrevista por telefone para a Rádio 98, Espino conta que recebeu uma denúncia de que a unidade de saúde estava em funcionanmetno, porém completamente vazia, enquanto os hospitais de Divinópolis e de outras cidades da região estão com os hospitais com 100% de ocupação. “Os hospitais de Divinópolis estão lotados e atendem, inclusive, pacientes de Carmo da Mata que poderiam estar sendo atendidos em Divinópolis”, destaca o parlamentar. A Santa Casa mostrada no vídeo também conta com três leitos de UTI completos, com respirador, mas dois equipamentos foram emprestados para a cidade de Oliveira,também na região Oeste de Minas.

Segundo Espino, o hospital recusa pacientes com suspeita de Covid-19, que são direcionados para atendimento em Divinópolis, que fica 45 quilômetros distante de Carmo da Mata. O vereador explicou que uma dívida de cerca de R$ 2 milhões impede a Santa Casa de receber mais recursos para ampliar o atendimenro e que manutenção atualemente é feita 100% pela prefeitura de Carmo da Mata. Diante desta situação, uma reunião com o goverador Zema foi marcada para esta semana ainda para tentar resolver esse impasse. A mantenedora da Santa Casa e o deputado estadual Cleitinho Azevedo (Cidadania) compõem a comissão junto com Espino e juntos estão em busca de uma maneira para quitar a dívida do hospital para que ele possa iniciar atendimentos também de pacientes com Covid-19 o mais rápido possível.

Governo e prefeitura rebatem

A reportagem procurou o Governo de Minas para saber os motivos da Santa Casa de Carmo da Mata não integrar a central de leitos do Estado. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde explicou os motivos que não permitem a unidade a entrar no plano de contingência da pandemia. Leia um trecho da nota:

- o Hospital Olinto Ferreira (Santa Casa) não está inserido no Plano de Contingência para atendimento a pacientes com covid-19, já que tem um perfil de atendimento de baixa complexidade hospitalar.

- Essa unidade não conta com rede de gás medicinal hospitalar (que possibilita a chegada de oxigênio a pacientes, por exemplo), respiradores e monitores em quantidade suficiente.

- A unidade também não dispõe de equipes médicas para atendimento 24 horas.

- A disponibilidade de um leito hospitalar, seja clínico ou de terapia intensiva, especialmente para tratamento de pacientes com covid-19, requer o cumprimento de normas técnicas e equipamentos específicos, que não são oferecidos pelo Hospital Olinto Ferreira.

Procurada , a prefeitura de Carmo da Mata informou que, apesar de ser uma instituição filantrópica, a Santa Casa de Carmo da Mata recebe repasses da prefeitura para atendimento de urgência e emergência, mas que a unidade não tem aparelhagem e tampouco quadro de profissionais suficientes para fazer atendimento de internação de pacientes com Covid-19.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.