Carregando...

Cidades

Imagem:

Aglomeração no jogo do Atlético pode levar PBH a proibir torcida nos estádios

Prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirma que o jogo da Copa Libertadores não passou no teste e que vai se reunir com representantes do Cruzeiro para que problemas não se repitam

Por João Henrique do Vale

As cenas de aglomeração da torcida antes e durante o jogo entre Atlético e River Plate, pela Copa Libertadores, assustaram o prefeito Alexandre Kalil (PSD). O administrador municipal afirmou que o evento não passou no teste e que da forma como foi não irá acontecer mais. Kalil informou, ainda, que vai se reunir com representantes do Cruzeiro, para que os problemas não se repitam nesta sexta-feira, quando a equipe celeste vai enfrentar o Confiança. 

Antes do jogo na Copa Libertadores, vários torcedores do Atlético se reuniram no entorno do Mineirão. Muitos se aglomeraram e não usavam máscaras. Dentro do estádio, também foi possível ver pessoas sem o equipamento de proteção. 

Em entrevista à Globo Minas, o prefeito Alexandre Kalil afirmou que ficou “desesperado” ao ver as imagens e deu indícios que a torcida pode ser novamente proibida, caso os protocolos não sejam cumpridos. 

“Quando eu vi aquela cena no Mineirão eu desesperei, ontem mesmo entrei em contato com o secretário de Saúde (Jackson Machado)", afirmou. "A população tem que entender, a gente quer melhorar, quer ajudar, fazer tudo para melhorar para compensar tudo o que todo mundo passou, mas quem pode colaborar não colabora. Não foi isso que foi combinado, eu vi torcida organizada lá que pelo preço do ingresso não poderia estar lá, e eu não tenho o menor receio de voltar tudo para trás. Estão enganados quem acha que 'é o Atlético, ele não vai fazer'. Não vai fazer, uma ova. Fizeram um desaforo e um desrespeito ao prefeito de Belo Horizonte", completou. 

Nesta sexta-feira, o Cruzeiro vai enfrentar o Confiança pela Série B do Campeonato Brasileiro. Será o primeiro jogo da equipe celeste com torcida. Kalil afirmou que irá se encontrar com representantes do Cruzeiro para que os problemas não se repitam.

Reunião com clubes e Mineirão 

Por meio de nota, a prefeitura de Belo Horizonte informou que uma reunião já foi convocada para discutir as irregularidades durante o jogo do Atlético. 

“O Prefeito Alexandre Kalil já convocou Atlético, Cruzeiro e Mineirão para uma reunião para tratar sobre a distribuição da torcida na arquibancada, que não seguiu os protocolos definidos pela Prefeitura de Belo Horizonte”, afirmou. 


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais