Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Após Afonso Pena, Prefeitura de BH anuncia obras de mobilidade na Av. Amazonas
Imagem: Reprodução / Google Street View

Após Afonso Pena, Prefeitura de BH anuncia obras de mobilidade na Av. Amazonas

Capital mineira vai receber US$ 80 milhões do Banco Mundial (BIRD). Verba foi aprovada pela de Assuntos Econômicos (CAE)


Por João Henrique do Vale

Belo Horizonte vai ter duas grandes obras de mobilidade em importantes corredores de tráfego da cidade. Após anunciar intervenções na Avenida Afonso Pena, a prefeitura divulgou, na noite dessa quarta-feira, que a Avenida Amazonas também terá mudanças. Projeto prevê a implantação do corredor prioritário de transporte público na via. O recurso para a obra foi aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Ao todo, serão liberados US$ 80 milhões em operação do Banco Mundial (BIRD). 

O prazo para assinatura do acordo com o Banco Mundial é de até dois meses. O projeto prevê a criação de faixas exclusivas para o transporte coletivo e adequação de várias vias transversais, abrigos para pontos de ônibus e readequação de calçadas com foco na acessibilidade, em uma extensão aproximada de 24 quilômetros.

Por meio das redes sociais, o prefeito Fuad Noman (PSD) comemorou a liberação do recurso. “Vitória para Belo Horizonte! O Senado aprovou a contratação de operação de crédito no valor de 80 milhões de dólares para intervenções que faremos na Avenida Amazonas para melhoria no transporte público”, postou. 

Melhorias na Vila Cabana do Pai Tomás

O recurso liberado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado também será para melhorias na região da Cabana do Pai Tomás. No total, estão previstos US$ 100 milhões para investimentos na cidade, sendo US$ 80 milhões relativos ao financiamento e US$ 20 milhões do município.

Na região, serão realizadas obras de infraestrutura como a construção de ruas e vielas e intervenções em locais com risco geológico. Além das realocações que forem necessárias.

O desenvolvimento urbano na região do Jatobá, no Barreiro, também será contemplado com recursos da operação e crédito para elaboração de planos estratégicos de melhoria da conexão do território e seu desenvolvimento econômico, social e ambiental. Outros locais como nos bairros Maria Teresa, Jardim Getsemani, Montes Claros e Novo Lajedo também receberão projetos e planos para implantação de estrutura de saneamento e interligação deles com o transporte público.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais