Carregando...

Cidades

Imagem: João Henrique do Vale/Rede 98

Auxílio Belo Horizonte começa a ser pago em dezembro; solicitação inicia neste mês

Benefício vai atingir 380 mil famílias que podem receber até R$ 400 por mês

Por João Henrique do Vale

As famílias que estão aptas a receber o Auxílio Belo Horizonte podem solicitar o benefício a partir de 17 de novembro. As informações foram repassadas pelo Prefeito Alexandre Kalil (PSD) em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira. Os subsídios são concedidos para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas da pandemia de Covid-19.

O benefício será pago em conta bancária em nome do responsável pela unidade familiar. Para receber o auxílio, os beneficiários devem acessar o site do Programa Auxílio Belo Horizonte. Lá, devem informar o número do CPF e o primeiro nome do responsável pelo cadastro. 

Depois, deve conferir e confirmar os dados pessoais que já estão pré-cadastrados. Em seguida, deve ler e conhecer o termo de adesão ao benefício e, por fim, solicitar o pagamento de um ou mais benefícios, se for o caso. A família deve realizar a solicitação apenas uma vez para iniciar o recebimento do benefício, não sendo necessário repetir o processo nos meses seguintes.

As pessoas que fizerem o cadastro até 30 de novembro, vão receber o benefício até 15 de dezembro. Se a inscrição for feita de 1º até 31 de dezembro, as famílias vão receber até 15 de janeiro. Sa for realizado entre o dia 1º e 31 de dezembro, o pagamento será até 15 de fevereiro. E, se o cadastro for feito do dia 1º até 15 de fevereiro, o pagamento será até 10 de março

O detalhamento do pagamento do auxílio foi feito pelo prefeito Alexandre Kalil, a secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, o vice-prefeito Fuad Noman, e o vereador Léo, líder de governo na Câmara. As informações foram acompanhadas de perto por mais de 10 vereadores da Câmara Municipal.

“Fico muito feliz e orgulhoso de fornecer os dados que irei fornecer hoje. Como digo sempre, pandemia, fome e necessidade se combate com dinheiro e investimento”, afirmou Kalil. “Quero agradecer aos vereadores que prestam ser serviço à BH. Serão investidos R$ 240 milhões, sendo R$ 160 milhões do caixa da prefeitura e R$ 80 milhões disponibilizados pelo esforço enorme desses vereadores que estão aqui. Então, quero agradecer a todos os vereadores de esquerda, direita e centro”, completou. 

Quem poderá receber o benefício?

O auxílio será pago em quatro modalidades e as famílias beneficiárias podem receber até R$ 400 por mês. O benefício varia entre R$ 600 e R$ 1,8 mil. Receberão o benefício . 

De acordo com a lei, serão repassados R$ 600 por família, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$100,00; subsídio financeiro de R$ 100 mensais por família com estudante matriculado na rede pública municipal de educação, disponibilizado até a regularização da oferta da alimentação escolar; subsídio financeiro de R$ 600 por família em situação de pobreza, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$ 100; subsídio financeiro de R$ 1.200 por família em situação de extrema pobreza, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$ 200.https://auxiliobh.pbh.gov.br/

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais