Carregando...

Cidades

Imagem: Divulgação

Auxílio emergencial será pago para famílias de Belo Horizonte pela prefeitura

O projeto de lei será apresentado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) nesta quinta-feira aos vereadores

Por João Henrique do Vale

Famílias de Belo Horizonte terão um auxílio emergencial pagos pela prefeitura. O projeto de lei está sendo elaborado e será apresentado, na tarde desta quinta-feira, pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) aos vereadores. O repasse deve chegar a até R$ 600, dividido em parcelas

Nessa quarta-feira, durante reunião ordinária na Câmara Municipal, o líder de governo, o vereador Léo Burguês (PSL) foi ao microfone para convidar todos os parlamentares para o encontro com o prefeito Alexandre Kalil. Segundo ele, a ajuda vai se chamar Auxílio Belo Horizonte. 

Esse auxílio deverá ser pago para pessoas que estão inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Por meio de nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que “um projeto está em elaboração e será apresentado ao Legislativo e à imprensa assim que finalizado”.

Projeto semelhante na Câmara 

Está tramitando na Câmara Municipal de Belo Horizonte um projeto semelhante, que também prevê auxílio emergencial na capital. A matéria prevê um repasse de R$ 600 para famílias que têm renda mensal de até R$ 178. 

A proposta é de seis vereadores: Bella Gonçalves (Psol); Bruno Miranda (PDT); Duda Salabert (PDT); Gilson Guimarães (REDE); Iza Lourença (PSOL); e Miltinho CGE (PDT).

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais