Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Belo Horizonte eleva flexibilização de atividades no município; saunas são liberadas
Imagem: Leo Fontes / Rede 98

Belo Horizonte eleva flexibilização de atividades no município; saunas são liberadas

Mudanças passam a valer nesta sexta-feira (18) e acontecem em face à melhora nos indicadores da Covid-19


Por Lucas Rage

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) flexibilizou, ainda mais, as regras de combate à Covid-19 em atividades na capital mineira.

A partir desta sexta-feira (18) as cerimônias de velórios e sepultamentos em cemitérios municipais da capital estarão autorizadas a receber até 60 pessoas. Antes, o limite era de 20. As demais regras nesses espaços, como uso de máscaras, seguem mantidas.

Outra atualização publicada pela PBH, no Diário Oficial do Município, é a que autoriza, pela primeira vez na pandemia, o funcionamento de saunas, inclusive as localizadas em clubes e em academias. O acesso estará condicionado à apresentação de comprovante de três doses de vacina contra a Covid. Esta era a única atividade ainda suspensa na cidade.

As bilheterias físicas para a venda presencial de ingressos em eventos, cinemas, estádios e similares também poderão funcionar, desde que haja a distância de um metro entre as filas.

Foi ampliada também a capacidade de pessoas em elevadores, aumentando de 50 para até 75% da lotação máxima permitida.

Mudança em eventos

Os eventos para público sentado também foram flexibilizados no município. Foi abolida a exigência de teste Covid ou comprovante de vacinação para frequentadores de teatros e casas de espetáculos, com capacidade para até 2 mil pessoas. A máscara segue sendo obrigatória para estes locais.

No caso de eventos com público acima de 2 mil pessoas ou com público em pé (como jogos em estádios), segue obrigatória a apresentação do comprovante de 2ª dose da vacina contra a Covid ou o resultado negativo para a doença, por teste do tipo RT-PCR ou teste rápido de antígeno.

Segundo a PBH, o novo decreto segue Nota Técnica 004/2022, do Comitê de Enfrentamento á Covid-19, que recomendou tais flexibilizações diante dos índices de vacinação da população e do cenário epidemiológico e assistencial em Belo Horizonte.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais