Carregando...

Cidades

Imagem: Divulgação / CBH Rio das Velhas

BH sem água: falta de chuvas eleva alerta para desabastecimento no município

Audiência na Câmara de Veradores de BH vai discutir situação do sistema Bela Fama, responsável por 60% do abastecimento na capital

Por Victor Duarte

A situação do sistema Bela Fama, localizado em Nova Lima, e alimentado pelo Rio das Velhas é de alerta devido à baixa vazão registrada no local nas últimas semanas. O local é responsável por 60% do abastecimento hídrico de Belo Horizonte e maior parte da Região Metropolitana. Em agosto, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Velhas) divulgou relatório apontando que a vazão do manancial estava abaixo de 10,4 metros cúbicos por segundo, volume mínimo considerado seguro para o rio.

A redução da captação de água fez com que vereadores solicitassem uma audiência com a participação de representantes da Companhia de Abastecimento de Minas Gerais (Copasa), órgãos municipais e estaduais, entidades ambientais e integrantes do Ministério Público. A reunião vai acontecer na Comissão de Meio Ambiente, Defesa dos Animais e Política Urbana da Câmara de Vereadores de BH, na tarde desta terça-feira (14)

No requerimento da audiência, os vereadores Bella Gonçalves (Psol) e Irlan Melo (PSD) relatam possíveis causas e consequências da redução de captação no Sistema Bela Fama, que entrou em estado de alerta. 

Moradores de cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte estão sem água. No bairro Dumavile, em Esmeraldas, há registro de imóveis sem abastecimento desde o dia 4 de setembro. A moradora Márcia Lemos Chaves relata que a falta d'água já dura mais de 10 dias

"Aqui tá muito difícil. A gente está sem água desde sábado retrasado. Já procuramos a Copasa, mas nada foi feito. Não temos água para tomar banho, lavar roupa e nem para fazer atividades do dia-a-dia. Queremos uma solução", disse.

Entre os dias 10 e 13 de setembro, a Copasa registrou falta de água em mais de 30 cidades em Minas Gerais. Além de Belo Horizonte, na região metropolitana, houve desabastecimento em Sarzedo, Brumadinho, Igarapé, São Joaquim de Bicas, Mateus leme e Juatuba

Por meio de nota, a Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário do Estado de MG (Arsae-MG), informou que recebeu "solicitação que se refere a necessidade de apuração de possível falta de abastecimento em alguns bairros na região metropolitana de Belo Horizonte, como referência, datas entre os dias 10 a 12 de setembro de 2021".

Ainda segundo o documento, a Arsae-MG está "monitorando e solicitando esclarecimentos sobre a situação para tomada das providências necessárias. Até o fechamento dessa nota, a Copasa ainda não havia respondido aos questionamentos da Arsae-MG".

A equipe da Rede 98 entrou em contato com a Copasa mas ainda não obteve resposta.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais