Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Carnaval de BH: justiça proíbe realização de festas privadas na capital
Imagem: PBH / Divulgação

Carnaval de BH: justiça proíbe realização de festas privadas na capital

Decisão é assinada pelo juiz Wauner Ferreira Batista Machado; prefeito diz que vai recorrer


Por Lucas Rage

As festas privadas estão proibidas no Carnaval de Belo Horizonte. 

Decisão integra liminar assinada pelo juiz Wauner Ferreira Batista Machado, da 2ª Vara de Feitos da Fazenda Pública Municipal de Belo Horizonte.

Medida atende a pedido do Ministério Público de Minas Gerais, e proíbe a “realização de eventos carnavalescos com alta expecativa de propagação do vírus Covid-19”

Despacho solicita ainda que o município adote “as medidas necessárias para o cumprimento da decisão, tais como classificação dos eventos impróprios, fiscalizações e impedimentos de realizações, inclusive com o uso de força policial da Polícia Militar”.

A prefeitura de Belo Horizonte pretende recorrer da decisão. "Não podemos ter interferência. Nós conversarmos com todo mundo. Dialogamos, levamos para dentro da prefeitura. Então, vamos recorrer, vamos ao TJMG. Tem que respeitar e vamos tentar derrubar na Justiça que é um dever da prefeitura. 

Não dá para ter carnaval tranquilamente. Mas dentro do que foi feito, dentro do protocolos. É um mínimo que podemos conseguir no carnaval. 

Ao ser questionado sobre quais são as recomendações da prefeitura, Kalil disse para a população se cuidar. “Cuidado, fique em casa, use as máscaras. Vamos nos cuidar. A gente está tentando pesar o fubá e a água para não fazer muita confusão”, comentou o prefeito, Alexandre Kalil.


Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais