Carregando...

Cidades

Imagem: Luísa Zottis/WRI Brasil Cidades Sustentáveis

CDL/BH solicita aumento da frota de ônibus e ampliação do horário de funcionamento de bancos

Pedido atende a reclamações de servidores do comércio, e visa reduzir transtornos no uso dos equipamentos na capital

Por Lucas Rage


A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), quer a ampliação da frota de ônibus do município.

Solicitação foi feita à Prefeitura, em face às constantes reclamações por parte dos usuários do transporte público da capital.

Segundo relatos de trabalhadores do comércio encaminhados à CDL/BH, as linhas de ônibus continuam a circular com horário reduzido e baixa frota, o que gera aglomerações e transtornos como demora nos embarques e desembarques nas estações.

“Segundo o mais recente relatório de demanda de passageiros e oferta de viagens, disponível no site da BHTrans, o atual número de viagens é de 28% em dia útil atípico. Isso nos mostra uma defasagem desse serviço tão essencial, especialmente agora com a nova flexibilização do funcionamento do comércio”, afirma o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Bancos abertos por mais tempo

Além da ampliação na frota de ônibus, a CDL/BH também solicitou ao Banco Central uma extensão no funcionamento dos bancos, de 10h às 16h. 

Segundo a entidade, o horário de funcionamento atual — de 10h às 14h — tem gerado constantes aglomerações e transtornos.

“Os bancos prestam um serviço essencial à população e, diante da reabertura do comércio em seu funcionamento normal, acreditamos que as instituições financeiras também já possam ter seu horário de funcionamento restabelecido. Essa restrição de horário, além de provocar aglomerações, também dificulta o pagamento de contas e transações financeiras do comércio”, afirmou Souza e Silva no ofício enviado a Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais