Carregando...

Cidades

Imagem: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Chuva: Casa desaba e mulher morre soterrada em BH

A vítima estava dentro da residência, no Bairro São João Batista, quando o imóvel desabou

Por João Henrique do Vale e Victor Duarte

O desabamento de uma casa terminou com uma mulher morta,  no início da tarde deste domingo (9),  em Belo Horizonte.  Uma mulher, de 42 anos,  acabou atingida pelos escombros e não resistiu. 

O desabamento aconteceu no Bairro São João Batista,  em Venda Nova.  De acordo com o Corpo de Bombeiros,  o genro da mulher acionou os militares logo após o desabamento.

A vítima ficou soterrada pelos escombros e quando foi retirada já não apresentava sinais vitais. 

Risco de deslizamentos

A Defesa Civil emitiu um alerta para o risco de deslizamentos, quedas de muros e desabamento, devido aos dias sequidos de chuva. A previsão é que a instabilidade siga até, no mínimo, a próxima terça-feira.

Com o solo encharcado, a Defesa Civil recomenda que a população fique atenta aos sinais construtivos e tenha cuidado com quedas de muros, deslizamentos e desabamentos.

Os moradores devem ficar de olho em alguns sinais que podem indicar deslizamentos e desabamentos, como: trincas nas paredes, água empoçando no quintal, portas e janelas emperrando, rachaduras no solo, água minando da base do barranco e inclinação de árvores e postes. 

 A Defesa Civil recomenda que os moradores coloquem calhas no telhado das casas, consertem vazamentos em reservatórios e caixas-d'água, não joguem lixo ou entulho na encosta e não despejem esgoto nos barrancos.

Ocorrências

A Defesa Civil de Belo Horizonte registrou, até às 12h deste domingo (9), pelo menos 66 solicitações por conta das chuvas na capital. Segundo o órgão, a maior parte dos atendimentos foi para vistoria em imóveis particulares nas regionais Noroeste, Venda Nova e Leste. 

Foram registradas 14 ocorrências de deslizamentos de encosta, 6 de tombamento ou desabamento de muro, e 3 de danificação ou destruição de habitações.

Segundo a Defesa Civil, moradores de um prédio, no Bairro Buritis, tiveram que deixar o local preventivamente por questões de segurança até que seja realizada uma vistoria de risco. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais