Carregando...

Cidades

Imagem: Fábio Marchetto / Secretaria de Estado de Saúde

Covid-19: BH vai receber mais 49 mil doses e novos grupos podem ser imunizados

A entrega será feita pela Secretaria de Estado de Saúde nesta segunda-feira

Por João Henrique do Vale

Belo Horizonte vai receber uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira. De acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) serão enviadas cerca de 49 mil doses de imunizantes para a capital mineira. A expectativa é que a administração municipal anuncie novos grupos para ser vacinado. 

A nova carga de imunizantes para BH acontece após críticas da prefeitura sobre a quantidade de doses entregue ao município. O secretario municipal de Saúde, Jackson Machado, alegou, na última semana, que a cidade recebeu 50 mil doses a menos. Por causa disso, não foi possível avançar nos grupos de vacinação. 

Nesse fim de semana, a Secretaria de Estado de Saúde voltou a se posicionar sobre o caso. Por meio de nota, afirmou que a ordem dos públicos prioritários a serem vacinados e os critérios para a definição do quantitativo de doses enviadas aos municípios é deliberado pelo Ministério da Saúde. “Dessa forma, o estado não tem autonomia para distribuir às cidades mineiras quantitativo menor ou maior daquele determinado pelo Ministério da Saúde”, afirmou. 

Segundo a pasta, a capital mineira recebeu as duas primeiras remessas de Pfizer integralmente para o grupo de comorbidades, totalizando 162.630 mil doses a mais do que os outros municípios mineiros. Belo Horizonte recebeu doses correspondentes a 12% da população com comorbidade, enquanto vários municípios receberam quantitativos menores, entre 7% e 8%. 

“Para equilibrar essa diferença, foi apresentada nova metodologia de cálculo associada à base de projeção populacional de 18 a 59 anos do IBGE/FJP de 2020 e legitimada em colegiado, tanto no Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) quanto em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB SES-MG), espaços que contam com a participação de representantes da SES-MG, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS) e do Ministério Público (MP)”, completou a secretaria. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais