Carregando...

Cidades

Imagem: Léo Fontes/98 Live

CPI da Caixa-Preta da BHTrans vai ouvir donos de concessionárias de ônibus

Depoimentos estão marcados para acontecer ao longo desta semana

Por João Henrique do Vale

Os vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte que fazem parte da CPI da Caixa-Preta da BHTrans vão ouvir, nesta semana, os donos de concessionárias de ônibus da cidade. Os depoimentos são considerados essenciais para as apurações que estão sendo feitas pelos parlamentares. 

Na última semana, a uma investigação foi aberta para apurar a auditoria feita em 2018 pela Maciel Consultoria nos contratos das empresas de ônibus de Belo Horizonte. A empresa foi contatada pela prefeitura para definir o valor da tarifa do transporte público da capital mineira. Ao fim dos trabalhos, chegou a conclusão que o valor deveria ser R$ 6,35. As irregularidades foram apontadas pela CPI. 

Em depoimento, o diretor da BHTrans, Daniel Marx Couto, um dos responsáveis por fiscalizar a auditoria, admitiu que a empresa fez os trabalhos por amostragem. Os vereadores relataram que a auditoria só analisou dois meses de contratos por ano, o que representa 16,7% do total de documentos que deveria ter analisado. Daniel Marx afirmou que se a empresa não analisou todos os documentos, o problema é dela. 

Um dos pontos questionados pelos vereadores foi em relação aos documentos apresentados pelas concessionárias. Os parlamentares alegam que as empresas escolheram quais documentos encaminhar. O diretor da BHTrans afirmou que a consultoria fez apenas uma auditoria amostral, sem conferir todas as notas fiscais de custos.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais