Carregando...

Cidades

Imagem: Polícia Federal / Divulgação

Delegados e agentes da PF protestam contra PEC 32, que prevê reforma na corporação

Segundo presidente da Associação dos Delegados, texto enviado ao governo federal tem pontos "problemáticos e perigosos"

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Policiais federais protestam, na manhã desta quarta-feira (23), contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32, que propõe uma reforma em setores do serviço público brasileiro - entre eles, na estrutura interna da PF. Segundo o presidente da Associação dos Delegados da PF, delegado Rodrigo Teixeira, o texto enviado pelo governo federal possui pontos "problemáticos e perigosos”.  

Ao todo, 90 policiais participaram da manifestação em frente à Superintendência Regional da PF em Belo Horizonte.  “Essa reforma vem com o discurso de que vai acabar com os privilégios, mas onde tem mesmo os privilégios ela não vai tocar. Além disso, ela prega o fim da estabilidade do serviço público e isso é extremamente perigoso, porque como um auditor da receita ou um policial federal vai poder trabalhar com isenção, outro ponto perigoso, permitir que chefes de órgãos públicos seja de fora da carreira, abrindo espaço para apadrinhamentos, além do decreto autônomo que permite que o presidente acabe com órgãos por decreto”, citou Teixeira.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...