Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Diretores de escolas municipais e EMEIs divulgam nota de repúdio a agressão a professores em BH
Imagem: Deborah Lima / Rede 98

Diretores de escolas municipais e EMEIs divulgam nota de repúdio a agressão a professores em BH

Servidores pedem retratação por parte da Guarda Municipal, bem como maior diálogo entre a categoria e o prefeito, Fuad Noman


Por Lucas Rage

Escolas Municipais e EMEIs de Belo Horizonte publicaram uma nota de repúdio à agressão sofrida por dois professores da rede pública de ensino, ocorrida durante a saída de Alexandre Kalil da Prefeitura, há 2 semanas

Na nota, diretores e vice-diretores das instituições repudiam as ações dos guardas municipais, e pedem diálogo por parte do recém-empossado prefeito Fuad Noman com a categoria, em greve há 24 dias.

Os diretores repudiam ainda, no manifesto, as palavras proferidas pela secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, que chamou o protesto de professores de “ato político” e “oposição desrespeitosa”.

“É preocupante quando governos eleitos, agem de maneira autoritária e agridem professores (as), cerceando e impedindo o direito de manifestar, utilizando da violência. A educação é um instrumento de libertação, jamais de opressão! É preciso que a prefeitura e a guarda municipal se retratem”, completa o documento.

Notas

A Prefeitura de Belo Horizonte informou que os dois agentes da Guarda Municipal foram afastados "preliminarmente das funções operacionais" no dia 29 de março.

"Tal afastamento será mantido até a conclusão da sindicância investigativa, que foi instaurada pela Corregedoria da Guarda Municipal imediatamente após a ocorrência do fato, ainda no dia 25", detalhou, por meio de nota.

O Executivo Municipal ainda disse que, por se tratar de um afastamento preliminar, de um processo de apuração ainda em curso, o nome deles será mantido em sigilo, "respeitando o direito à ampla defesa dos envolvidos" e "demais informações serão reveladas somente após a conclusão da sindicância."

A Polícia Civil, que também investiga o caso, informou que "segue com a apuração dos fatos, com oitivas dos envolvidos. Outras informações serão fornecidas ao final das investigações."

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais